top of page

Agosto chegou e o que você fez?

Um novo mês chegou e trouxe consigo novas frutas, verduras e legumes, mas quero aproveitar para trazer também uma reflexão: agosto chegou, metade do ano passou, e o que você fez?


Esse ano, apesar de não parecer, já passou da metade e as metas que fizemos no dia do ano novo já deveriam estar, pelo menos, meio cumpridas. Eu entendo que mais um ano de pandemia traga consigo uma carga de ansiedade, cansaço e pessimismo que fica difícil fazer metas, cumprí-las e, até mesmo, saber o que aconteceu até aqui.


gif

Essa reflexão é importante não para trazer cobranças ou culpa, mas para entender realmente quais são seus objetivos, se são os mesmos de antes ou se tudo mudou e se está mesmo no caminho certo para chegar onde se imagina daqui alguns anos.

Afinal, não dá para chegar em resultados diferentes fazendo sempre as mesmas coisas.

É importante dizer que é normal mudar a rota e refazer a estratégia, mas é muito importante que a rota inicial exista para que, pelo menos, você saiba onde quer chegar e possa fazer o que for necessário para chegar lá; e aí tudo bem se no final acabar demorando um pouco mais ou se for necessário fazer mais curvas do que havia planejado no começo. Recentemente ouvi uma nutricionista chamada Marianne Fazzi dizendo:

Nenhum plano sobrevive ao campo de batalha, mas isso não significa que você não deva planejar.

Quando a gente parte para a ação muita coisa muda e tudo bem! Isso te mostra os ajustes necessários e te tira do lugar, te leva para o próximo degrau, te ajuda a ver tudo de outra perspectiva.


Metade do ano passou e talvez você não tenha feito nada. Talvez considere esse mais um ano perdido ou talvez tenha sido um ano muito difícil e com muitas perdas pra você e você precise de um tempo. O fato é que independente do motivo, todos nós levamos alguns tombos da vida vez ou outra... quem imaginou uma pandemia que durasse tanto tempo nos atingindo logo agora? Mas o que importa é que consigamos levantar, sacodir a poeira, arregaçar as mangas e dar mais um passo para novamente termos outras perspectivas, planejarmos o futuro e seguirmos adiante.


Parece um papo meio de dezembro, né!? Eu sei... mas acho que agora com as coisas começando a se normalizar aqui no Brasil a gente volta a ver uma luz no fim do túnel, mesmo que ainda pequenina e distante e isso ilumina a gente, trazendo de volta força e foco. Onde você quer estar daqui 2, 3 ou 5 anos? Será que quando chegar lá e você olhar pra trás, não desejará que tivesse começado hoje? E, sim, é agosto e não dezembro, mas por que deixar pra depois? Vamos aproveitar a imensidão desse mês para colocar as ideias no lugar e definir algumas coisas da vida!


E, claro, estamos em um blog de nutrição, então minha proposta para você nesse mundo pandêmico, é que comece sua mudança buscando por saúde! Para que daqui 10, 20, 30 anos você olhe para trás e se lembre que nesse dia decidiu fazer algo por você que impactou todo o seu futuro!


Para que a mudança seja leve e suave, que tal começar simplesmente trocando os alimentos que geralmente consome por aqueles da safra? Agosto veio repleto de delícias, com frutas, verduras e legumes que são mais saudáveis, nutritivos, baratos e saborosos que podem compor um cardápio maravilhoso e variado! E quais alimentos fazem parte da safra do mês?


É uma mudança pequena que pode, de verdade, ter um grande impacto na sua vida e saúde. Afinal, consumir mais alimentos naturais e menos aditivos vai refletir no seu intestino, reduzir a inflamação do seu corpo e pode ser um hábito angular, daqueles que puxam outros e tem a capacidade de, pouco a pouco, mudar todo o seu estilo de vida!


Espero que essa reflexão tenha cumprido seu papel de, além de apresentar os alimentos de agosto, te motivar a sair do lugar, planejar algumas metas e agir!


Quero te ver voando o mais rápido possível!


Beijos, se cuida e até!








5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page